× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 3246-6129
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail






Como funciona a estação de tratamento de esgoto

Podendo ser de origem doméstica ou não, o esgoto é formado pela água que, após ser utilizada, acaba tendo as suas características naturais alteradas, o que é suficiente para que se torne imprópria para uso.  Dessa forma, é necessário que seja feito um tratamento de esgoto para remover todas as impurezas.

Quando a rede de esgoto recebe essa água, ela deve ser tratada para a remoção de poluentes e, posteriormente, devolvida aos corpos hídricos em boas condições, respeitando os parâmetros que os órgãos ambientais exigem.

Para isso, foram criadas as Estações de Tratamento de Esgoto, responsáveis por garantir a retirada dos poluentes através de processos diversos, de ordem química, física e biológica, para melhorar a saúde da população e ajudar a preservar o meio ambiente.

Tratamento

O tratamento do esgoto é feito, inicialmente, através da separação da parte líquida da sólida. Considerada como a primeira etapa, ela garante a remoção de materiais grosseiros, como objetos sólidos, areia e gordura.

Para que o tratamento obtenha sucesso, são utilizados materiais como peneiras e grades, responsáveis por fazer a retenção de todos esses materiais. Com essa etapa finalizada, o esgoto é transportado para uma caixa, cuja função é retirar resíduos de areia e gordura que permaneceram.

A retirada desses resíduos pode ser feita de maneira manual ou mecanizada, para que eles possam ser encaminhados aos aterros sanitários, de modo a proporcionar o recebimento deles de maneira adequada.

A partir disso, os processos se dividem em três níveis: primário, secundário e terciário. 

Sistema primário

Nessa etapa, os sólidos suspensos e sedimentáveis presentes no esgoto são removidos, com o uso de processos físicos, como a decantação. Por ser um método prático e simples, as impurezas acabam se sedimentando, por conta de uma mistura realizada anteriormente e que fica em repouso por algum tempo.

Após esse material ficar em repouso, forma-se um resíduo, conhecido também como lodo primário. O excesso formado por ele deve ser retirado do sistema para que não aconteçam prejuízos em outras etapas.

Sistema secundário

Essa etapa corresponde à remoção da matéria orgânica dissolvida por meio de processos biológicos. Esse método é responsável por acelerar a decomposição de poluentes orgânicos.

Os procedimentos que serão utilizados são os aeróbios (que precisam de oxigênio) e os anaeróbios (que não precisam de oxigênio). Os dois tipos de processos são utilizados normalmente, para atingir uma maior eficácia.

Sistema terciário

Nesta etapa os compostos inorgânicos do sistema são removidos, com o tratamento focalizando os poluentes específicos que não foram retirados nos processos anteriores. Esgotos com características industriais, ou aqueles nutrientes cuja concentração não é passível de se atingir apenas com o processo secundário são priorizados através desse sistema.

O sistema terciário apresenta duas etapas: ou pela utilização de produtos químicos, ou de forma biológica. A escolha correta vai depender, além de estudos sobre a viabilidade técnica e econômica, da qualidade requerida pelo esgoto tratado.

Portanto, nesse caso, algumas técnicas podem ser usadas, como:

  • Adsorção: usa-se carvão ativado para que seja promovida a adsorção, que nada mais é do que a transferência dos poluentes para a superfície do composto utilizado;
  • Microfiltração: a parte líquida do esgoto é separada dos sólidos poluentes através de uma pressão aplicada;
  • Precipitação química: o poluente do esgoto é removido através da adição de substâncias químicas coagulantes, responsáveis por formar flocos que decantam com o lodo, e que ajudam a remover o poluente do esgoto;
  • Troca iônica: retenção de íons poluentes presentes na resina polimérica aplicada ao esgoto.

Conclusão

O funcionamento das estações de tratamento de esgoto possuem informações diversas e que, por si só, não caberiam apenas neste texto. De toda forma, esperamos ter esclarecido as principais dúvidas sobre o assunto! E se precisar de ajuda para esse procedimento, não deixe de contar com a Forte Azul!

Summary
Como funciona a estação de tratamento de esgoto
Article Name
Como funciona a estação de tratamento de esgoto
Description
Saiba como é feito o tratamento de esgoto, e as etapas que estão inclusas no processo.
Author
Publisher Name
Forte Azul Engenharia
Publisher Logo