× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 3246-6129
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail






COMO CALCULAR A SUPERELEVAÇÃO?

A superelevação é uma inclinação na seção transversal expressa em % ou m/m que garante a segurança do motorista ao executar os trechos curvos e contrabalanceia a ausência da força centrípeta, mas que pode ser dispensada quando a curva estiver dentro das situações expressas na tabela abaixo:

V (km/h) 30 40 50 60 70 80 90 ≥100
R (m) 450 800 1250 1800 3450 3200 4050 5000


Caso contrário, a superelevação poderá ser definida a partir da correlação entre a velocidade diretriz e o raio da curva:

e=100∙V2127∙R-f Onde:
e = superelevação (%)
V = velocidade diretriz (km/h)
R = raio de curvatura (m)
f é o coeficiente de atrito transversal entre pneu e o pavimento.

 

O coeficiente de atrito transversal deve respeitar o estabelecido na tabela abaixo, e é utilizado apenas em condições limites (raios mínimos e superelevações máximas):

Tabela 1 – Valores máximos para f

V (km/h) 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120
f 0,2 0,18 0,16 0,15 0,15 0,14 0,14 0,13 0,12 0,11

 

Tabela 2 – Raios mínimos para superelevação máxima

Classe da Rodovia
Região 0 I II III IV
A B
Plana 540 375 375 230 230 125
Ondulada 345 210 170 125 125 50
Montanhosa 210 115 80 50 50 25

 

Matematicamente, a superelevação é a tangente da inclinação da pista. Caso a essa inclinação seja conhecida, a superelevação poderá ser calculada da seguinte forma:

e=100∙tg(α)

Superelevação mínima
A superelevação mínima para uma curva equivale (em módulo) ao valor do abaulamento nos trechos retilíneos da estrada.

Superelevação máxima
A superelevação máxima pode ser obtida na tabela abaixo ou calculada conforme a expressão:

emáx=100∙V2127∙Rmínfmáx Onde:
emáx = superelevação máxima (%)
V = velocidade diretriz (km/h)
fmáx = coeficiente de atrito transversal máximo, tabela 1
Rmín = raio de curvatura mínimo (m), tabela 2.

 

Tabela 3 – Superelevação máxima

Classe da Rodovia
Região 0 I II III IV
A B
Plana 10 10 08 08 08 08
Ondulada 10 10 08 08 08 08
Montanhosa 10 10 08 08 08 08

Superelevação recomendada

O valor de superelevação efetivamente usado no projeto é calculado pela expressão:

er=emáx2∙RmínRR2mínR2 Onde:
er = superelevação recomendada (%);
emáx = superelevação máxima (%), tabela3      
R = raio de curvatura (m)
Rmín = raio de curvatura mínimo (m), tabela 2